quinta-feira, 30 de junho de 2011

DEUS É DEUS: SIMPLES ASSIM

"Ai daquele que contende com seu Criador, daquele que não passa de um caco entre os cacos no chão. Acaso o barro pode dizer ao oleiro: ‘O que você está fazendo? ’ Será que a obra que você faz pode dizer: ‘Ele não tem mãos?’
(Isaías 45:9)

É fácil demais dizer que acreditamos em Deus, mas quando Ele quer mexer em nossas “estruturas” começamos a perguntá-lo o porquê.

Ser moldado por Deus muitas das vezes é um processo doloroso, porque as vezes é preciso desfazer para refazer tudo de novo. 

Nem sempre entenderemos o porquê, mas no final de tudo é algo tão maravilhoso. E aí experimentamos e comprovamos a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

“Como o vaso, que ele fazia de barro, quebrou-se na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos olhos do oleiro fazer.” (Jeremias 18:4)

Foi assim com Saulo. Foi preciso Deus desfazer os costumes, a cultura e até mesmo a sua identidade. De Saulo foi para Paulo. De perseguidor tornou-se perseguido. 
Foi preciso Abrão sair da sua terra para Deus fazê-lo pai de uma grande nação, tendo o seu nome mudado para Abraão.
Foi preciso José ser jogado no poço para ser levado ao Egito e ali os propósitos de Deus se cumprirem.
Foi preciso Daniel e seus amigos irem a Babilônia e ali o nome de Deus foi Glorificado.
Foi assim com Noé, Jonas e tantos outros homens. Por que não aconteceria isso com a minha ou com a sua vida?


Quem somos nós para dizer o que Deus pode ou não pode fazer? 

“Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim.” (Gálatas 2:20a)

Deus faz o que Ele quer: da maneira, modo e na hora que Ele quer. 

Deus é Deus! Simples assim.

Por Andreza Vaz
video

Nenhum comentário:

Postar um comentário